Cervejaria Catarina

 

A união de paixões de três amigos que fermentou e originou um espaço singular cheio de aroma e sabor de malte. A Cervejaria Catarina trouxe para o Canto da Lagoa as melhores cervejas artesanais do sul do Brasil!

 

Leleco, Fred e Fernando juntaram-se para traçar uma nova etapa em suas vidas, unir suas paixões pela cerveja, a amizade e suas experiências profissionais para criar um novo espaço em Florianópolis. A Brew House Cervejaria Catarina possui uma história de estudos e projetos, por dois anos os três amigos se reuniram todas as semanas para experimentar novas cervejas artesanais. Com o passar do tempo, despertaram a ideia e a vontade de criar seu próprio negócio, algo que não fosse apenas para eles, mas um espaço que incentivasse a cultura da cerveja e a produção dos produtos artesanais.

Os três (quase) manezinhos são amigos há anos, Leleco – gestor de negócios e beer sommelier, Fred – gestor comercial e marketing e Ipa lover, e Fernando – engenheiro civil e beer sommelier. Com trajetórias de vida bem diferentes, eles trouxeram uma bagagem bem eclética de vivências profissionais e viagens pelo mundo. Leleco já passou um tempo no Hawaí, Fred na Austrália e Fernando já foi até chef de cozinha na Nova Zelândia. Juntas, todas essas experiências lhes deram suporte e material suficiente para sonharem e idealizarem esse espaço.

 

Eles vestiram a camisa e firmaram o compromisso com a responsabilidade de realizar um lugar que fosse tudo o que eles esperariam encontrar em um bar como clientes, do lado de lá do balcão. Um ambiente que traz a sofisticação da cerveja artesanal de maneira informal e inovadora, quebrando os padrões de consumo da cerveja comum brasileira, incentivando e fomentando o consumo de cervejas artesanais.

 

Do projeto à execução. Há 4 meses encontraram o local ideal para tirar as ideias do papel, uma antiga casa de arquitetura açoriana no Canto da Lagoa. Com janelas, portas, piso e teto originais de um antigo engenho de farinha, o local anteriormente era administrado por uma rendeira muito conhecida pela região, a Dona Polônia. Em agosto iniciaram as reformas e foram dando novamente vida à casa que possui muitas histórias incrustadas por todos os cantos.

Em suas andanças tiveram oportunidade de provar diversos sabores de cervejas e de conhecer muitos bares, o que os ajudaram a definir o conceito de balcony’s bar para a Casa. O balcão é o coração da cervejaria, onde tudo acontece, é onde se contam histórias, vivências e momentos, é onde se aprende e se ensina e claro, é onde se encontram as melhores cervejas artesanais on tap.

 

A cervejaria é dividida em três ambientes: um lounge externo logo na entrada; um ambiente mais intimista com mesas individuais altas no interior da casa; e no pátio coberto, mesas coletivas em um ambiente mais descontraído. Ah! não podemos nos esquecer do balcão, onde os clientes podem se sentar, mesmo que sozinhos, e sair  de lá com novos amigos.

Para deixar os ambientes do jeito que eles queriam, eles mesmos fizeram tudo que envolvia marcenaria e carpintaria, desde a estrutura de madeira da cobertura do pátio até os móveis – balcão, sofás de pallets e mesas de tora de madeira, lindas!! Foram eles inclusive que executaram as paredes de gesso acartonado onde estão os banheiros. Na decoração, eles apostaram nas lembranças trazidas de viagem e arte. Os grafites que dão cor ao espaço são assinados pelos artistas André Pardini e PH, ambos trazem o lúpulo – marca da cervejaria, como elementos de destaque. Na entrada da cervejaria, o destaque está em uma canoa de Garapuvu com 52 anos de história: batizada como Catarina I, a canoa trazido da Costa da Lagoa, que mesmo sem medição prévia encaixou perfeitamente na frente da casa! 

O nome feminino Catarina para a cervejaria possui várias histórias e boas coincidências. Uma delas foi Catarina von Bora, esposa de Martinho Lutero, uma figura importante na história da cerveja artesanal, cervejeira de profissão, tinha fama de produzir uma ótima cerveja.   O domínio feminino na produção cervejeira só diminuiu no final do século XVIII, quando o “negócio” da cerveja multiplicou a presença masculina e grandes empresas surgiram, iniciando-se a produção industrial e diminuindo a artesanal.

 

Além disso, o nome Catarina vem principalmente com o propósito de incentivar a produção e consumo das cervejas artesanais catarinenses. A Santa Catarina, que é o nome da padroeira do Estado, é uma santa protetora de nome forte, seu dia é celebrado no dia 25 de novembro, dia em que a casa foi inaugurada. Além da proteção a santa motivou os sócios a finalizar a obra e dar o start na realização do sonho. Hoje sua imagem está em destaque no interior da casa e há quem diga que já tem feito seus primeiros atos, protegeu a casa durante a passagem do ciclone na ilha na ultima semana (03.12.2016), nada foi danificado no meio de uma paisagem cheia de destruições.

Com uma carta atual de aproximadamente 47 rótulos de cervejas artesanais - quase todas são catarinenses, apenas um rótulo é do Rio Grande Sul - o balcão refrigerado está sempre abastecido com 10 torneiras de diferentes sabores para todos os gostos. A intensão do trio é de aumentar o número de rótulos assim que novas cervejarias de qualidade forem surgindo e aparecendo. Nas cervejas on tap, os dez sabores são rotativos conforme os fornecedores e consumo, mas o trio garante, são as dez melhores cervejas artesanais do estado, e pelas provas que tivemos, não temos dúvidas! Há desde IPA, RED ALE, BELGIAN BLONG, e muito mais!

Ainda trabalhando com limitações, a intenção da cozinha é de que os pratos, e aperitivos sejam todos produzidos com produtos de fornecedores locais. Enquanto ela não fica pronta, podemos ir adiantando alguns dos deleites que poderão ser encontrados por lá.  Terão pastéis de camarão, siri e queijo, ostra gratinada, tábuas de frios, camarão à milanesa, batata rústica, aipim e fritas, bolinhos e mini pizzas com massa artesanal. Perfeito pra acompanhar uma boa cerveja não é?!

Em nossa ida, nós experimentamos só coisa boa. A deliciosa APA SAN DIEGO da Cervejaria Barco, a INDIAN RED e a AMERICAN BROWN ALE, ambas da Roleta Russa, além da PILSEN da Imigração, DOUBLE IPA da Unika e IMPERIAL STOUT da Schornstein. E não saímos de lá até experimentar a preferida do trio: a CAPIVARA LITTLE IPA, da cervejaria Blumenau. Os sabores diversos foram acompanhados com amendoim de casca e mini pizza de diversos sabores.

São tantos sabores, texturas e cores, que é difícil indicar uma única! A cervejaria Catarina além de aconchegante é descontraída e com certeza você não vai conseguir sair de lá sem experimentar várias! APA SAN DIEGO e CAPIVARA LITLE IPA foram nossas prediletas. Sirva-se de comidas de boteco e aprecie mais e mais as cervejas artesanais catarinenses!

 

Cervejas artesanais on tap 330ml de 8,90 a 19,90.


Brew House Cervejaria Catarina

Rua Laurindo Januário Silveira, 1233 - Lagoa da Conceição

(48) 3226-5441

Terça a domingo, das 16hrs até 00h.

 

 

Please reload

Posts Recentes

July 29, 2019

May 20, 2019

March 1, 2019

November 20, 2018

November 14, 2018

April 9, 2018

March 28, 2018

Please reload

Procure por tags
  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle